Pousadas e Chalés em Itaipava – RJ

Itaipava está localizada no Estado do Rio de Janeiro e conta com várias opções de chalés para hospedagem. O pequeno vilarejo é um distrito da cidade de Petrópolis e atrai muitos turistas devido ao clima aconchegante e a boa estrutura.

Apresentamos 5 opções de hotéis e pousadas com chalés em Itaipava. Entre em contato diretamente com os estabelecimentos para verificar os preços dos chalés para alugar, disponibilidade, reservas, serviços e localização.

5 Chalés em Itaipava – RJ:

1) Chalés Itaipava

Chalés Itaipava - RJ

2) Chalés Sainte Monique

Chalés Sainte Monique - Itaipava - RJ

3) Chalés Pousada Wood House

Chalés Pousada Wood House - Itaipava - RJ

4) Chalé Xanadu

5) Chalés Hotel Capim Limão

Pesquise preços de hotéis, pousadas e chalés em Itaipava e Petrópolis:

Se você tem alguma dúvida ou avaliação sobre os chalés em Itaipava, deixe seu comentário abaixo.

Comentários

  1. Fernando diz:

    Encontrei no site de vocês o endereço do Chalés Itaipava, administrado por um senhor chamado Celso.
    Agendei e fui à pousada durante o feriado da páscoa de 2015, mas ao chegar lá, me deparei com uma situação um tanto quanto crítica. Primeiramente gostaria de deixar claro que fiz o depósito de parte do valor, como pedia o dono (R$300,00, e deveria pagar os outros R$200,00 ao final da estadia)
    Na quinta-feira à noite, ao chegar, notamos que o quarto estava extremamente sujo, com teias de aranhas em todas as partes do quarto. Até mesmo no ventilador, o que me faz acreditar que não havia uma limpeza no local há pelo menos meses. Naquele momento, depois de uma viagem cansativa e longa, com muito engarrafamento, decidi, juntamente com minha namorada, ficarmos por lá durante aquela noite e ver se durante o dia poderíamos pedir que o quarto fosse limpo.
    Na sexta-feira pela manhã, descemos para tomar café, onde estavam mesas montadas e bem pouca comida, 2 garrafas térmicas e tudo coberto. De acordo com o próprio Celso, ele guardava e cobria a comida por causa do gato, que subia na mesa e roubava a comida. Já seria sanitariamente odiável essa idéia. Ao trazer a comida, além do fato da manteiga estar absolutamente rançosa, provavelmente por estar velha, o queijo também tinha o aspecto de abandonado descoberto, pois estava duro. Eu tomei café, por sorte a minha, e minha namorada resolveu tomar café com leite. Ao final da xícara, ela notou que havia alguma coisa que foi bebida e que estava também no fundo da xícara. Imaginei ser resto de café mal-coado, mas ao olhar mais atentamente, percebi que eram larvas de inseto.
    Posso lhe dizer com certeza que a caixa do leite que ele colocou estava nova, pois vi a embalagem, mas provavelmente as larvas estavam dentro da garrafa térmica, que já devia estar sem ser lavada há dias.
    Ao vivenciar essa situação, decidimos ir embora do local e acabar com nosso feriado antecipadamente. Fui até a sala do Celso e lhe reportei tudo que aconteceu e nossa decisão. Ele me disse que teria que me cobrar o valor da diária – o que por si só já é um absurdo, mas querendo sair do local o quanto antes, concordei. A diária era de R$150,00, então ele deveria me devolver R$150,00. Disse-me que iria depositar em minha conta na segunda-feira, sem falta. Pediu desculpas pelo ocorrido e me pediu o comprovante do depósito, que foi prontamente entregue.
    Hoje, 3 dias depois da data que ele havia me dito que iria me devolver o dinheiro, recebi um depósito de R$100,00 em minha conta e uma mensagem dizendo que ele havia retido o restante como compensação pelo estresse da fila do banco e da gasolina que ele gastou para ir.
    E a minha gasolina para ir a um local que se anunciava limpo e arrumado com o mínimo de limpeza? E o meu estresse de viagem e o tempo que eu perdi?

    Peço a vocês, então, que retirem o chalé deste senhor da sua lista de locais para hospedagem. Peço também que sejam mais criteriosos ao adicionar os locais que as pessoas podem achar na internet, para que não tenha mais ninguém passando pela mesma situação que eu e minha namorada passamos.

    Agradeço a compreensão.

Deixe o seu comentário

*